#PACI20 devocional 10

#PACI20 devo40/10
“Aquele que anda com os sábios será cada vez mais sábio, mas o companheiro dos tolos acabará mal” Pv 13:20. Literalmente, ‘Quem anda com sábios será sábio, mas o companheiro dos loucos ficará alarmado’: a) “Aquele que anda” – figurativo para relacionamento; b) “com os sábios”, “sábio” – inteligentes, capacitados, criativos; c) “mas o companheiro” – a ideia é a de pastorear, o que pode traduzir uma relação de liderança, o subordinado dos sábios e o líder dos tolos; d) “dos tolos” – quase sempre traduzido como loucos, pessoas sem raciocínio lúcido; e) “acabará mal” – a ideia base é a de um alarme ou de gritos, possivelmente por causa da guerra ou do perigo. O texto afirma o poder dos relacionamentos na aprendizagem. Sabemos que prendemos por imitação e os mais jovens são mais sensíveis a isso. Você vai acabar fazendo o que as pessoas na lista ‘A’ fazem: isso será bom ou mal?

Ore sobre isso:
a) confesse ao Senhor se em sua lista ‘A’ estão pessoas tolas, que não pensam para falar ou fazer; b) confesse ao Senhor comportamentos e ações ruins que você imitou das pessoas com quem se relaciona; c) suplique ao Senhor para encontrar gente sábia com quem se relacionar; d) comprometa-se a conviver com pessoas sábias, de comportamento e ações inteligentes conforme Deus.

Comente:
Se em sua lista ‘A’ há pessoas sábias, conte para os outros pascificadores a lição importante que você aprendeu mais recentemente. Use o link ‘comentários’.

#PACI20 devocional 09

Pacificadooooores! arquivamos neste website e também publicamos no grupo de WhatsApp a Cartilha de Viagem, um documento (7 páginas) com orientações sobre bagagem, viagem, segurança e conduta para os alunos do #PACI20. Para baixar procure o link ‘downloads‘ na coluna da direita, se você usa o computador, ou no final da página, se usa o celular.

#PACI20 devo40/09
“O homem honesto é cauteloso em suas amizades, mas o caminho dos ímpios os leva a perder-se” Pv 12:26. Literalmente, ‘O correto espiona seus amigos, pois o caminho do errado engana’: a) “O homem honesto” – porque é correto ou foi corrigido; b) “é cauteloso” – procura, espiona, pesquisa; c) “em suas amizades” – todo o tipo de relacionamento; d) “mas o caminho” – figurativamente, o modo de agir ou viver; e) “dos ímpios” – culpado, condenado, que age errado, mal; f) “os leva a perder-se” – iludir-se, enganar-se, arruinar-se. O texto associa a decisão criteriosa às pessoas corretas e a precipitação enganosa aos perversos. Quando isso é aplicado às amizades, quem é correto não se deixa enganar por gente  mal-intencionada, porque está atento, mas quem costuma pecar, não tem critério para julgar os outros, por isso é enganado. Você escolheu bem seus relacionamentos na lista ‘A’ ou tem sido enganado e iludido por gente má?

Ore sobre isso:
a) confesse a Deus se você é tolerante com o pecado e por isso, sem critério, deixa-se enganar e iludir; b) suplique a Deus que corrija você até que aprenda a rejeitar o pecado em sua própria vida e na vida dos outros; c) examine seus relacionamentos na lista ‘A’, se eles agem bem, agradeça a Deus, se agem mal, comprometa-se a exortá-los pela Palavra de Deus, e a afastar-se se não se converterem: não tolere o pecado.

Comente:
Aprendemos que quem é correto tem um padrão ou critério que lhe permite julgar as pessoas com quem se relaciona, mas quem tolera o próprio pecado não pode evitar ser enganado. Comente esse princípio com os outros pacificadores, diga o que achou disso. Use o link ‘comentários’.

#PACI20 devocional 05

#PACI20 devo40/05
“O ódio provoca dissensão, mas o amor cobre todos os pecados” Pv 10:12. Do capítulo 10 ao 22:16 temos o segundo e mais longo livro de provérbios, os Provérbios de Salomão, com frases isoladas de sabedoria antiga. No versículo 12 o autor compara dois tipos de relacionamento: a) “O ódio” – que no original tem raiz em ‘inimigo’, portanto, inimizade; b) “provoca” – desperta, acorda, levanta; c) “dissensão” – conflito, discórdia; d) “o amor cobre” – põe um remendo, cobre um furo, fecha um vazamento;  e) “todos” – com o sentido de inteiro, sem faltar nenhuma parte; f) “os pecados” – com raiz em rebeldia, portanto, rebelião. Se existe inimizade, o conflito é sempre despertado. Já o amor não encobre, não disfarça, nem ilude; o amor fecha, tampa e veda. Com amor a rebelião não vaza. Sua lista ‘A’ está cheia de inimizade ou de amor? De provocações ou de perdão? De conflitos ou de paz?

Ore sobre isso:
a) confesse a Deus os relacionamentos em sua lista ‘A’, marcados pelos conflitos; b) submeta-se ao mandado de Deus para amar e deixe de lado toda a inimizade; c) suplique ao Senhor que o amor feche toda a rebelião em sua vida e na vida das pessoas com quem você se relaciona.

Comente:
Comente com os outros pacificadores o que esse versículo significa para sua vida nesse momento, como você o aplica. Isso pode ajudar outros a entender e aplicar este ensino bíblico. Use o link comentários.

#PACI20 devocional 04

Para fazer o seu devocional você deve ter a lista ‘A’, uma lista com os nomes das doze pessoas com quem você mais se relaciona, com quem passa mais tempo no dia a dia. Essa lista ajudará você a fazer a aplicação prática do que aprender da Palavra de Deus.

#PACI20 devo40/04
“Não repreenda o zombador, caso contrário ele o odiará; repreenda o sábio, e ele o amará” Pv 9:8. Esta é a última cena do ensino de um pai sobre a sabedoria. Neste capítulo a sabedoria e a insensatez personificadas convidam os jovens para se hospedarem na casa de cada uma. Antes do segundo convite, o autor faz uma reflexão sobre a diferença entre quem ouve a sabedoria e quem segue a insensatez. No versículo 8 essa diferença é apresentada no relacionamento com a figura de autoridade: a) “Não repreenda”, “repreenda” – tornar direito, corrigir ou consertar o que está torto; b) “o zombador” – alguém que movimenta a boca, retruca, também um respondão ou falador; c) “o sábio” – alguém com mente, fala e ações excelentes; d) “o odiará”, “o amará” – zombador e sábio se relacionam de modo diferente com quem os quer ajudar. Você ama ou odeia as pessoas que corrigem você?

Ore sobre isso
a) veja em sua lista ‘A’ se você é amigo das pessoas que tem autoridade sobre você e agradeça a Deus por elas; b) confesse ao Senhor se você tem retrucado e resistido às pessoas que devem corrigir você; c) confesse se você odeia ou se verdadeiramente ama as pessoas que lhe corrigem; d) suplique a Deus por sabedoria para aceitar a correção com amor.

Comente:
Muitas vezes o adolescente ou jovem retruca sem pensar, no impulso de se defender ou se justificar, com isso perde a oportunidade de ouvir a repreensão, pensar sobre ela e corrigir a própria vida. Comente com os pacificadores ideias para ouvir e aproveitar melhor as repreensões. Use o link ‘comentários’ para isso.

#PACI20 devocional 01

Os devocionais preparatórios para a escola de liderança da AMME para adolescentes e jovens – Pacificadores, são uma matéria obrigatória: Inteligência Emocional. São 40 devocionais para serem feitos do dia 1 de dezembro ao dia 9 de janeiro. Para fazer os devocionais você deverá ter uma lista com os nomes de 12 pessoas com quem você mais se relaciona, vamos chamá-la de lista ‘A’.

#PACI20 devo40/01
“Meu filho, se os maus tentarem seduzi-lo, não ceda!” Pv 1:10. Depois de uma introdução, uma exaltação da sabedoria é colocada na boca de um pai falando ao seu filho jovem ou adolescente. Essa é a primeira coleção de provérbios e vai de 1:8 a 9:18. O primeiro tema é uma advertência sobre a sedução para o mal, o oposto da sabedoria: a) “Meu filho”, mesmo sendo filho, o jovem pode não dar ouvidos aos pais, mas aos de fora; b) “se os maus”, isto é pecadores, transgressores, quem falham ou fazem errado; c) “tentarem seduzi-lo”, a raiz é grande ou largo, incluindo ilusão e engano pela vaidade ou pela cobiça; d) “não ceda!”, não deseje ou não se permita àquilo que uma conversa assim oferece. Veja se há em sua lista ‘A’ alguém seduzindo você ao erro pela vaidade ou cobiça. O que você vai fazer para evitar isso?

Ore sobre isso:
a) pela segurança de melhor relacionamento com seus pais e líderes; b) para identificar com clareza em sua lista ‘A’ as pessoas que insistem nas coisas erradas; c) para rejeitar a conversa que apela para sua vaidade e cobiça; d) para que seus desejos carnais não escravizem você.

Comente:
Compartilhe com os outros pacificadores como você acha que podemos identificar “os maus” que nos tentam seduzir entre nossos relacionamentos. Clique em ‘comentários‘.