10. Ovelhas sem pastor

A Palavra de Deus: Mateus 9:35-10:4
35 Jesus ia passando por todas as cidades e povoados, ensinando nas sinagogas, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças. 36 Ao ver as multidões, teve compaixão delas, porque estavam aflitas e desamparadas, como ovelhas sem pastor. 37 Então disse aos seus discípulos: “A colheita é grande, mas os trabalhadores são p10oucos. 38 Peçam, pois, ao Senhor da colheita que envie trabalhadores para a sua colheita”.
Chamando seus doze discípulos, deu-lhes autoridade para expulsar espíritos imundos e curar todas as doenças e enfermidades. Estes são os nomes dos doze apóstolos: primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão; Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu; Simão, o zelote, e Judas Iscariotes, que o traiu.

09. Apenas uma palavra

Devocional dos alunos da Escola de Liderança da AMME para Adolescentes e Jovens. Esse devocional deve ser feito no dia 9 de dezembro. Leia o texto, medite sobre as perguntas no final e ore. (16 minutos de leitura)
……………………..

Muitas vezes nos perguntamos porque uma oração que fazemos, por melhor que fosse nossa intenção, não é atendida. Nos esforçamos por ser bons, por apresentar boas ofertas e prometemos um bom comportamento e nem assim somos recebemos o que pedimos. Será que Deus se esqueceu de nós? Será que Jesus não se importa com nossas súplicas, nossas lágrimas, nossos gritos? O medo de não serem atendidos se espalha entre muitos crentes e eles já nem oram para não se sentirem frustrados. Hoje veremos um homem que clamou de um modo que deixou Jesus admirado. Somente duas vezes lemos nos Evangelhos que algo deixou Jesus admirado: a fé do centurião que vamos examinar e a falta de fé dos concidadãos em Nazaré (Mc 6:6). Mas é o tamanho da fé que importa. Jesus disse que não. A fé pode ser do tamanho de uma sementinha de mostarda e mesmo assim acontecerem maravilhas (Mt 17:20). Esse texto vai nos esclarecer sobre como podemos orar e ser atendidos: de que isso depende e como funciona. Que fé precisamos ter para agradar a Jesus? Qual a relação da fé com a resposta às nossas orações?

Continue lendo “09. Apenas uma palavra”

08. Senhor, Senhor

Devocional dos alunos da Escola de Liderança da AMME para Adolescentes e Jovens. Esse devocional deve ser feito no dia 8 de dezembro. Leia o texto, medite sobre as perguntas no final e ore. (14 minutos de leitura)
……………………..

Quantas vozes há hoje no meio da Igreja! Há pregações de todo o tipo, que apontam para as mais diversas direções. Há igrejas para todos os gostos, e as pessoas não demoram em escolher aquela que mais lhes agrada. O que Deus pensa dessa Babel? Há uns que pregam com tanta propriedade que fazem todos os outros parecerem menos bíblicos. Há aqueles que realizam milagres tão verídicos que não deixam espaço para questionamento. Se há propostas tão divergentes, como estariam todas certas? Quais estariam erradas então, e como identificá-las se o certo e o errado parecem tão próximos? Nossos dias são os dos lobos disfarçados de ovelhas! Mal e bem se confundem, e andar pelo caminho correto exige mais discernimento. O texto que vamos examinar trata deste tema e nos orienta sobre como evitar tantos falsos profetas, disfarçados e mal-intencionados.

Continue lendo “08. Senhor, Senhor”

07. Não se preocupem

Devocional dos alunos da Escola de Liderança da AMME para Adolescentes e Jovens. Esse devocional deve ser feito no dia 7 de dezembro. Leia o texto, medite sobre as perguntas no final e ore.
……………………..

Quanto devemos nos dedicar ao trabalho? Quanto precisamos nos importar com os bens materiais? As teologias humanas vão desde o desapego total dos monges, até a visão dos bens e do trabalho como elementos cultuais e redentivos. Os protestantes se convencem e se deixam convencer de que trabalhar e juntar bens é uma expressão de piedade cristã. De fato, o apóstolo Paulo ensinou aos tessalonicenses “Se alguém não quiser trabalhar, também não coma” 2Ts 3:10; por outro lado, disse aos coríntios “os que usam as coisas do mundo, (vivam) como se não as usassem” 1Co 7:31 e João escreveu “Não amem o mundo nem o que nele há” 1Jo 2:15. A verdade é que o Reino dos céus faz grande diferença entre o que é material e o que é espiritual, e nesse texto Jesus nos ensina sobre isso. Ao estuda-lo, aprendemos a exata medida para a nossa vida em um mundo onde ainda devemos comer, beber e vestir, mas que não se compara com o Reino de Deus e a sua justiça. Amplie a sua visão!

Continue lendo “07. Não se preocupem”

06. Venha o teu Reino

A Palavra de Deus: Mateus 6:5-15
“E quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de ficar orando em pé nas sinagogas e nas esquinas, a fim de serem vistos pelos outros. Eu lhes asseguro que eles já receberam sua plena recompensa. Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está em secreto. Então seu Pai, que vê em secreto, o recompensará. E quando orarem, não fiquem sempre repetindo a mesma coisa, como fazem os pagãos. Eles pensam que por muito falarem serão ouvidos. Não sejam iguais a eles, porque o seu Pai sabe do que vocês precisam, antes mesmo de o pedirem.
Vocês, orem assim: “Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome. 10 Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. 11 Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia. 12 Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores. 13 E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém.
0614 Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. 15 Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas.

05. Até que tudo se cumpra

Devocional dos alunos da Escola de Liderança da AMME para Adolescentes e Jovens. Esse devocional deve ser feito no dia 5 de dezembro. Leia o texto, medite sobre as perguntas no final e ore. (13 minutos de leitura)
……………………..

Qualquer governo se estabelece por uma lei. Porque para que alguém governe, sua vontade deve ser conhecida de todos. O governo de Deus também é assim, ele se expressa a partir da Lei, a partir da sua vontade que deve ser perfeitamente compreendida e interpretada, para ser praticada e ensinada a outros. Se, porém, alguém não anda de acordo com a Lei, se não atende à vontade manifesta de quem governa, o que é? Criminoso! Será julgado de acordo com a Lei e condenado. Em que a Graça muda isso? Não muda a Lei, mas a ênfase da condenação para a satisfação e o resultado. Nesse texto veremos que o sistema de condenação estabelecido pelos religiosos não produzia a satisfação e a realização da vontade de Deus. A nossa relação com a Lei é profundamente revista aqui. Prepare-se para essa mudança de pensamento que o Reino de Deus demanda.

Continue lendo “05. Até que tudo se cumpra”

04. Bem-aventurados

Devocional dos alunos da Escola de Liderança da AMME para Adolescentes e Jovens. Esse devocional deve ser feito no dia 4 de dezembro. Leia o texto, medite sobre as perguntas no final e ore. (13 minutos de leitura)
……………………..

‘Eu tenho o direito de ser feliz’: essa frase parece ter se tornado o slogan das novas gerações. Mas a procura desesperada pela felicidade é seguida por uma infelicidade cada vez maior. Para serem felizes, as pessoas não evitam causar infelicidade aos outros e, tendo plantado infelicidade é isso o que colhem. A felicidade é intensamente procurada no sexo, na pornografia, nas bebidas, drogas, jogos, e essa busca apenas aumenta o vazio que se descreve como infelicidade. O texto que vamos estudar, Jesus fala da felicidade no Reino dos céus. Como é que a felicidade acontece quando Deus está governando em Cristo. Como são felizes as pessoas cuja vida é completamente dirigida por Jesus? Essa proposta é inesperada, é completamente diferente de tudo o que ouvimos nesse mundo. Descubra a verdadeira felicidade.

Continue lendo “04. Bem-aventurados”

03. Grandes multidões o seguiam

Devocional dos alunos da Escola de Liderança da AMME para Adolescentes e Jovens. Esse devocional deve ser feito no dia 3 de dezembro. Leia o texto, medite sobre as perguntas no final e ore.
……………………..

O que caracteriza o sucesso ministerial? Mesmo estabelecendo seu ministério na Galileia, uma região sob preconceito, longe da capital, Jesus se tornou rapidamente popular. Isso era sucesso para ele, seria sucesso para nós? O que realmente devemos buscar no ministério? O que devemos buscar em uma vida submissa ao Reino de Deus em Cristo? Esse texto vai nos informar sobre a popularidade de Jesus e chama nossa atenção para a diferença entre o que Jesus queria fazer e aquilo que as pessoas desejavam que ele fizesse.

A Palavra de Deus: Mateus 4:23-25
23 Jesus foi por toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas deles, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças entre o povo24 Notícias sobre ele se espalharam por toda a Síria, e o povo lhe trouxe todos os que estavam padecendo vários males e tormentos: endemoninhados, epiléticos e paralíticos; e ele os curou. 25 Grandes multidões o seguiam, vindas da Galiléia, Decápolis, Jerusalém, Judéia e da região do outro lado do Jordão.

[V] Ensinando nas sinagogas

  • Como Mateus resume o ministério de Jesus na Galileia? 23 Jesus foi por toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas deles, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças entre o povo.  
  • Qual o interesse primário de Jesus e em que divergia o povo que o procurava? 24 Notícias sobre ele se espalharam por toda a Síria, e o povo lhe trouxe todos os que estavam padecendo vários males e tormentos: endemoninhados, epiléticos e paralíticos; e ele os curou.  
  • 25 Grandes multidões o seguiam, vindas da Galiléia, Decápolis, Jerusalém, Judéia e da região do outro lado do Jordão.

[V] Pregando as boas novas do Reino

  • Qual o impulso que movimenta a ação no texto?
  • Qual a ação central no texto?
  • O que resulta de tal ação?

[O] Curando todas as enfermidades

  •  O que esse texto lhe diz para diminuir?
  •  O que esse texto lhe diz para aumentar?
  • O que esse texto lhe diz para dividir?
  •  Como esse texto lhe diz para multiplicar?

……………………..
De 6 a 20 de janeiro em Ibiúna – SP
De 2 a 5 de março em Campina Grande – PB

02. Jesus começou a pregar

Devocional dos alunos da Escola de Liderança da AMME para Adolescentes e Jovens. Esse devocional deve ser feito no dia 2 de dezembro. Leia o texto, medite sobre as perguntas no final e ore. (13 minutos de leitura)
……………………..

A mensagem do Evangelho é o amor? Todas as formas de amor são agradáveis a Deus? O amor aos pobres é a essência do Evangelho? É na tolerância e aceitação de qualquer prática ou escolha que de fato amamos? Um mundo que nem mesmo conhece o Evangelho quer nos ensinar a vive-lo. Todos os dias, pessoas que desconhecem a Palavra de Deus, contaminadas pelo humanismo, egocêntricas e egoístas, enfrentam a Igreja de Cristo e a desafiam a viver conforme o que pensam ser mais correto ou piedoso. Quando falham em convencer os verdadeiros crentes, usando todas as armas da comunicação social, procuram impor seu pensamento através de leis e normas. No texto que temos adiante, ao iniciar seu criterioso relatório sobre a pessoa e o ministério de Jesus, Mateus nos ensina exatamente qual é a mensagem essencial do Evangelho. Esse texto deve nos trazer tranquilidade e segurança sobre o fundamento de nossa fé, mesmo que seja uma rocha de escândalo para a sociedade antropocêntrica que nos cerca.
Continue lendo “02. Jesus começou a pregar”

01. Preparem o caminho

Devocional dos alunos da Escola de Liderança da AMME para Adolescentes e Jovens. Esse devocional deve ser feito no dia 1 de dezembro. Leia o texto, medite sobre as perguntas no final e ore. (15 minutos de leitura)
……………………..
Há momentos em que nossa segurança some, nosso orgulho se esvai, e devemos reconhecer que não temos sabedoria ou forças suficientes para enfrentar uma situação. É então que a nossa alma clama por socorro, por direção, por consolo e restauração. O Evangelho é a boa notícia para esse momento. No texto que vamos examinar, veremos como Mateus, depois de relatar o nascimento e primeiros anos da vida de Jesus, de repente abre nossos olhos para a mensagem essencial do Evangelho, essa que precisamos ouvir quando sofremos e quando queremos evitar nos perdermos.

Continue lendo “01. Preparem o caminho”