#PACI20 devocional 36

#PACI20 devo40/36
“Quem fere por amor mostra lealdade, mas o inimigo multiplica beijos” Pv 27:6. Literalmente, ‘Sendo edificantes as feridas do amoroso, mas sendo excessivos (ou ilusórios) os beijos do ‘odiador’’: a) “Quem fere”, feridas ou hematomas; b) “por amor”, da pessoa que ama; c) “mostra lealdade”, da palavra construir, edificar; d) “mas o inimigo”, a pessoa que odeia; e) “multiplica beijos”, abundância ou excesso de beijos – sendo que a palavra é usada para ‘iludir’. Os tempos verbais indicam uma continuidade do amor e da edificação ou do ódio e da ilusão. O versículo anterior diz, semelhantemente, que é melhor o castigo descoberto do que o amor escondido. Os dois provérbios promovem a sinceridade sobre a dissimulação. Transparência, honestidade, integridade, chame como quiser: os relacionamentos dependem disso. A mentira, até quando parece boa é ruim, destrói amizades. Mesmo assim, administrar a sinceridade exige grande inteligência emocional. As pessoas acham mais fácil fingir.

Ore sobre isso:
a) confesse a Deus se você não tem agido com sinceridade para com as pessoas da sua lista ‘A’; b) peça ao Senhor sabedoria para falar sempre a verdade, mesmo que isso possa ferir de alguma forma; c) as Escrituras se referem à verdade em amor (Ef 4:15), então ore para que a verdade não se torne uma arma em sua boca; d) ser sincero é um traço de um caráter transformado, peça ao Senhor que atue em sua vida e lhe de um novo coração.

Comente:
Ainda ontem nosso devocional foi sobre bullying e falamos do cuidado que devemos ter para não ferir ninguém de brincadeira. Agora ouvimos que é melhor ferir para edificar do que beijar para iludir. Relacionamentos verdadeiros exigem bastante inteligência para escolher como agir, principalmente em uma sociedade que cada vez mais evita dizer a verdade. Comente com os pacificadores quando devemos dizer a verdade mesmo que ela possa ferir. Use o link ‘comentários’.

6 comentários em “#PACI20 devocional 36”

  1. A verdade deve ser dita em todo o tempo, isto é, em todo momento seja ele qual for. O falar a verdade é um mandamento do Senhor. Muitas vezes somos tentado a mentir em situações difíceis onde pensamos que se eu falar a verdade magoaremos alguém ou terá alguma consequência ruim e seremos questionados pela nossa atitude. Claro que a verdade deve ser dita sempre com amor para não humilhar ninguém.

  2. Uma coisa que minha líder me falou uma vez e guardei pra sempre é mais ou menos assim: “você prefere ser amiga de Deus e falar a verdade ou aceitar o pecado de sua amiga e ver ela longe de Jesus?”
    Isso foi tão marcante, que hoje se tem algo que não abro mão e falar a verdade para meus amigos, entretanto, uma das coisas que preciso me policiar é em como falar, pra justamente como dito no ponto c da oração, falar a verdade em amor e não deixar que esta verdade se torne uma arma em minha boca.

  3. Em minha visão a mentira é um pecado descrito na bíblia e não tem essa de os fins justificam os meios, é pecado e fim. É necessário ter o entendimento de que antes devemos seguir o alvo do que é Cristo e falando a verdade estamos dando nosso testemunho, do que mentir e contribuir na teia de aranha que é o pecado.

  4. Falar a verdade com amor é o que devemos fazer! Sem vergonha e sem medo de dizer a verdade firmemente em todos os momentos, mas a dizendo com amor, mesmo que a verdade doa.

  5. Podemos perceber como somos inclinados para o mal até mesmo quando a verdade nos dói/fere, pois, algo virtuoso se torna doloroso para nós… Tão distante da nossa natureza. As vezes é difícil ouvir a verdade ainda que essa traga o que de fato conhecemos, mesmo sendo imperfeitos nos custa aceitar visto que o homem é egocêntrico.
    A verdade — algo excelente e digno de louvor — só poderia ser a demonstração de amor e misericórdia de Deus nos tornando conhecida para própria edificação. E, não só demonstração de amor dEle para conosco, mas uns entre os outros.
    Que possamos demonstrar amor professando a verdade, e colher amor, recebendo a verdade!

  6. O mundo está influenciando as amizades ao ponto de tornar um pecado como a mentira essencial para que se tenha um relacionamento saudável. As pessoas acham, que existem mentiras que são boas ou que são ditas por uma boa causa, e isso vem fazendo com que ela se perpetue dentro dos relacionamentos ao ponto de a falsidade começar a surgir. Nós cristãos sabemos que não é assim que Deus espera que seja nossos relacionamentos, pois a verdade tem que estar presente nos nossos relacionamentos, para não pecarmos contra Deus, nem contra nossos irmãos. Creio que os momentos mais difíceis para se falar a verdade dentro das amizades é na hora de corrigir alguém ou de apontar um erro no seu amigo, pois muitas vezes preferimos nos omitir e agir de maneira falsa, como se nada tivesse acontecido, para não magoar nossos amigos, porém sabemos que a correção é feita por amor, e como diz em Hebreus 12:11, ela inicialmente pode gerar tristeza, mas depois produz os frutos de justiça e paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *