#PACI20 devocional 09

Pacificadooooores! arquivamos neste website e também publicamos no grupo de WhatsApp a Cartilha de Viagem, um documento (7 páginas) com orientações sobre bagagem, viagem, segurança e conduta para os alunos do #PACI20. Para baixar procure o link ‘downloads‘ na coluna da direita, se você usa o computador, ou no final da página, se usa o celular.

#PACI20 devo40/09
“O homem honesto é cauteloso em suas amizades, mas o caminho dos ímpios os leva a perder-se” Pv 12:26. Literalmente, ‘O correto espiona seus amigos, pois o caminho do errado engana’: a) “O homem honesto” – porque é correto ou foi corrigido; b) “é cauteloso” – procura, espiona, pesquisa; c) “em suas amizades” – todo o tipo de relacionamento; d) “mas o caminho” – figurativamente, o modo de agir ou viver; e) “dos ímpios” – culpado, condenado, que age errado, mal; f) “os leva a perder-se” – iludir-se, enganar-se, arruinar-se. O texto associa a decisão criteriosa às pessoas corretas e a precipitação enganosa aos perversos. Quando isso é aplicado às amizades, quem é correto não se deixa enganar por gente  mal-intencionada, porque está atento, mas quem costuma pecar, não tem critério para julgar os outros, por isso é enganado. Você escolheu bem seus relacionamentos na lista ‘A’ ou tem sido enganado e iludido por gente má?

Ore sobre isso:
a) confesse a Deus se você é tolerante com o pecado e por isso, sem critério, deixa-se enganar e iludir; b) suplique a Deus que corrija você até que aprenda a rejeitar o pecado em sua própria vida e na vida dos outros; c) examine seus relacionamentos na lista ‘A’, se eles agem bem, agradeça a Deus, se agem mal, comprometa-se a exortá-los pela Palavra de Deus, e a afastar-se se não se converterem: não tolere o pecado.

Comente:
Aprendemos que quem é correto tem um padrão ou critério que lhe permite julgar as pessoas com quem se relaciona, mas quem tolera o próprio pecado não pode evitar ser enganado. Comente esse princípio com os outros pacificadores, diga o que achou disso. Use o link ‘comentários’.

7 comentários em “#PACI20 devocional 09”

  1. Ao esboçar nossa lista A é perceptível que não são todos que participam de nosso círculo social mais próximo que nos fazem bem e nos levam a um bom caminho, as vezes algumas pessoas acabam literalmente por ser um mal no seu dia a dia e é de extrema importancia mostrar seu diferencial, seu textemunho, não escarnecer de forma igual para que o brilho do senhor seja visível, e a partir do momento que vc anda lado a lado mas n se contamina com o pecado dela é uma oportunidade aberta para um possível discipulado

  2. Ontem tive a oportunidade de ouvir o missionário Júlio pregar.
    Ele discorreu um texto em Romanos 10:1-15, com foco principal nos versículos 14 e 15.
    E ele citou claramente como temos tolerado o pecado. Como temos perdido o foco primordial da mensagem do evangelho. Como o cristão tem escondido a mensagem e vem aceitando todo e qualquer tipo de heresia, de pecado e tem vivido achando que o importante é manter amizades, os relacionamentos.
    Que sejamos despertados a anunciar o evangelho da salvação, não tolerando o pecado, mas trazendo a verdade que confronta, salva e liberta, ao qual um dia foi anunciada a nós!

  3. Precisamos pedir todos os dias ao senhor dissernimento, para que todos os dias caiam as escamas dos nossos olhos afim de que assim possamos identificar o pecado dentro do nosso ciclo social, e além de indentificar precisamos concerta-lo, seja com conselhos, com testemunho e muito mais, e principalmente, precisamos pedir a Deus para nos guiar pelos caminhos e conselhos dele, não pelo do ímpio

  4. Muitas vezes, para não perder amizades nós acabamos tolerando pecados e coisas que até nos incomodam, mas não falamos nada com medo da reação da pessoa. Porém, o importante é se manter em santidade e estabelecer um critério para as amizades, a fim de não nos deixarmos levar por influências erradas.

  5. Todos os dias, nos estamos sendo levados a decisão de tolerar ou não o pecado. Devemos corrigir aquele que peca, para o seu e nosso próprio bem devemos fazê-lo, ainda mais quando está pessoa está inserida em nosso ciclo de proximidade lista (A), caso contrário estaremos sendo omissos e estaremos contribuindo para que aquela alma pereça. Jamais devemos contribuir com o que nos faz pecar. Como está escrito em Mateus 18:9 “Se um dos teus olhos te faz pecar, arranca-o, e lança-o fora de ti, pois melhor é entrares na vida com um olho só, do que, tendo os dois, seres lançado no fogo do inferno”. Devemos ser mais criteriosos com quem estamos andando pois o pecado nos leva ao engano e este engano nós custará a eternidade.

  6. Interessante como o versículo traz a responsabilidade para a pessoa que escolhe as amizades pq se ela tolera o próprio pecado vai tolerar os das pessoas ao redor.
    Quando estamos errados nossa carne deseja alguém pra nos dizer que tá tudo bem, que não tem nada a ver e acabamos sendo amigos de pessoas que compactuam com nossos erros e por isso é difícil nos afastarmos pq pra isso precisamos mudar primeiro nosso interior.
    Fiquei pensando que muitas vezes não queremos magoar, ser o chato que aponta os erros e é assustador ver que não damos importância se estamos chateando a Deus.

  7. Muitos jovens e adolescentes cristãos são tolerantes com o seu pecado e com o de seus amigos, não por falta de conhecimento bíblico, mas principalmente por não colocar Deus em primeiro lugar em sua vida, mas sim os seus amigos. Mas a única forma de mudarmos isso é através da oração e do estudo da Palavra de Deus, pois sabemos que somente ela nos transforma e muda nossa mente. Além disso, é importante ressaltar que o estudo bíblico é o mais fundamental, pois somente através dele nós teremos o conhecimento e a base necessária para identificar os pecados em nossos relacionamentos e termos a força e a determinação para de alguma forma combate-los, pois como diz o Salmo 119:11 “Guardei a tua palavra no meu coração para não pecar contra ti.”, e isso é importante pois guardar a palavra no coração nos ajuda não somente a evitar o pecado, mas a identificar e a tratar o pecado no nosso próximo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

plugins premium WordPress