14. Dos mistérios do Reino

A Palavra de Deus: Mateus 13:1-17
1 Naquele mesmo dia Jesus saiu de casa e assentou-se à beira-mar. 2 Reuniu-se ao seu redor uma multidão tão grande que, por isso, ele entrou num barco e assentou-se. Ao povo reunido na praia 3 Jesus falou muitas coisas por parábolas, dizendo: “O semeador saiu a semear. 4 Enquanto lançava a semente, parte dela caiu à beira do caminho, e as aves vieram e a comeram. 5 Parte dela caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; e logo brotou, porque a terra não era profunda. 6 Mas quando saiu o sol, as plantas se queimaram e secaram, porque não tinham raiz. 7 Outra parte caiu entre espinhos, que cresceram e sufocaram as plantas. 8 Outra ainda caiu em boa terra, deu boa colheita, a cem, sessenta e trinta por um. 9 Aquele que tem ouvidos para ouvir, ouça!”
10 Os discípulos aproximaram-se dele e perguntaram: “Por que falas ao povo por parábolas?”
11 Ele respondeu: “A vocês foi dado o conhecimento dos mistérios do Reino dos céus, mas a eles não12 A quem tem será dado, e este terá em grande quantidade. De quem não tem, até o que tem lhe será tirado. 13 Por essa razão eu lhes falo por parábolas: “‘Porque vendo, eles não veem e, ouvindo, não ouvem nem entendem’. 14 Neles se cumpre a profecia de Isaías: “‘Ainda que estejam sempre ouvindo, vocês nunca entenderão; ainda que estejam sempre vendo, jamais perceberão. 15 Pois o coração deste povo se tornou insensível; de má vontade ouviram com os seus ouvidos, e fecharam os seus olhos. Se assim não fosse, poderiam ver com os olhos, ouvir com os ouvidos, entender com o coração e converter-se, e eu os curaria’.
16 Mas, felizes são os olhos de vocês, porque veem; e os ouvidos de vocês, porque ouvem. 17 Pois eu lhes digo a verdade: Muitos profetas e justos desejaram ver o que vocês estão vendo, mas não viram, e ouvir o que vocês estão ouvindo, mas não ouviram.

13. Chegou a vocês o Reino

A Palavra de Deus: Mateus 12:22-30
22 Depois disso, levaram-lhe um endemoninhado que era cego e mudo, e Jesus o curou, de modo que ele pôde falar e ver. 23 Todo o povo ficou atônito e disse: “Não será este o Filho de Davi?” 24 Mas quando os fariseus ouviram isso, disseram: “É somente por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele expulsa demônios”.
25 Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: “Todo reino dividido contra si mesmo será arruinado, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá. 26 Se Satanás expulsa Satanás, está dividido contra si mesmo. Como, então, subsistirá seu reino? 27 E se eu expulso demônios por Belzebu, por quem os expulsam os filhos[c] de vocês? Por isso, eles mesmos serão juízes sobre vocês. 28 Mas se é pelo Espírito de Deus que eu expulso demônios, então chegou a vocês o Reino de Deus29 “Ou, como alguém pode entrar na casa do homem forte e levar dali seus bens, sem antes amarrá-lo? Só então poderá roubar a casa dele. 30 “Aquele que não está comigo, está contra mim; e aquele que comigo não ajunta, espalha.

11. Preguem esta mensagem

A Palavra de Deus: Mateus 10:5-15
Jesus enviou os doze com as seguintes instruções: “Não se dirijam aos gentios, nem entrem em cidade alguma dos samaritanos. Antes, dirijam-se às ovelhas perdidas de Israel. Por onde forem, preguem esta mensagem: O Reino dos céus está próximoCurem os enfermos, ressuscitem os mortos, purifiquem os leprosos[c], expulsem os demônios. Vocês receberam de graça; deem também de graça. Não levem nem ouro, nem prata, nem cobre em seus cintos; 10 não levem nenhum saco de viagem, nem túnica extra, nem sandálias, nem bordão; pois o trabalhador é digno do seu sustento.
11 “Na cidade ou povoado em que entrarem, procurem alguém digno de recebê-los, e fiquem em sua casa até partirem. 12 Ao entrarem na casa, saúdem-na. 13 Se a casa for digna, que a paz de vocês repouse sobre ela; se não for, que a paz retorne para vocês. 14 Se alguém não os receber nem ouvir suas palavras, sacudam a poeira dos pés quando saírem daquela casa ou cidade. 15 Eu lhes digo a verdade: No dia do juízo haverá menor rigor para Sodoma e Gomorra do que para aquela cidade.

04. Bem-aventurados

Devocional dos alunos da Escola de Liderança da AMME para Adolescentes e Jovens. Esse devocional deve ser feito no dia 4 de dezembro. Leia o texto, medite sobre as perguntas no final e ore. (13 minutos de leitura)
……………………..

‘Eu tenho o direito de ser feliz’: essa frase parece ter se tornado o slogan das novas gerações. Mas a procura desesperada pela felicidade é seguida por uma infelicidade cada vez maior. Para serem felizes, as pessoas não evitam causar infelicidade aos outros e, tendo plantado infelicidade é isso o que colhem. A felicidade é intensamente procurada no sexo, na pornografia, nas bebidas, drogas, jogos, e essa busca apenas aumenta o vazio que se descreve como infelicidade. O texto que vamos estudar, Jesus fala da felicidade no Reino dos céus. Como é que a felicidade acontece quando Deus está governando em Cristo. Como são felizes as pessoas cuja vida é completamente dirigida por Jesus? Essa proposta é inesperada, é completamente diferente de tudo o que ouvimos nesse mundo. Descubra a verdadeira felicidade.

Continue lendo “04. Bem-aventurados”

02. Jesus começou a pregar

Devocional dos alunos da Escola de Liderança da AMME para Adolescentes e Jovens. Esse devocional deve ser feito no dia 2 de dezembro. Leia o texto, medite sobre as perguntas no final e ore. (13 minutos de leitura)
……………………..

A mensagem do Evangelho é o amor? Todas as formas de amor são agradáveis a Deus? O amor aos pobres é a essência do Evangelho? É na tolerância e aceitação de qualquer prática ou escolha que de fato amamos? Um mundo que nem mesmo conhece o Evangelho quer nos ensinar a vive-lo. Todos os dias, pessoas que desconhecem a Palavra de Deus, contaminadas pelo humanismo, egocêntricas e egoístas, enfrentam a Igreja de Cristo e a desafiam a viver conforme o que pensam ser mais correto ou piedoso. Quando falham em convencer os verdadeiros crentes, usando todas as armas da comunicação social, procuram impor seu pensamento através de leis e normas. No texto que temos adiante, ao iniciar seu criterioso relatório sobre a pessoa e o ministério de Jesus, Mateus nos ensina exatamente qual é a mensagem essencial do Evangelho. Esse texto deve nos trazer tranquilidade e segurança sobre o fundamento de nossa fé, mesmo que seja uma rocha de escândalo para a sociedade antropocêntrica que nos cerca.
Continue lendo “02. Jesus começou a pregar”