#PACI20 devocional 02

A lista ‘A’ é uma relação das 12 pessoas com quem você passa mais tempo, a quem você ouve e fala mais, em qualquer ambiente (escola, igreja, trabalho etc). O critério é a quantidade de tempo com que se relaciona. Você precisa escrever essa lista para utilizá-la na prática dos seus devocionais.

#PACI20 devo40/02
“Não diga ao seu próximo: “Volte amanhã, e eu lhe darei algo”, se pode ajudá-lo hoje” Pv 3:28. Ainda o discurso de um pai ao filho sobre a importância de ser sábio. Quem é sábio conquista sensatez, equilíbrio e vive calmamente (v21). Isso se reflete em várias áreas da vida, inclusive em fazer o bem ao próximo: a) “Não diga ao seu próximo” – no verso anterior o bem deve ser dado ‘a quem de direito’, ou seja, está conosco mas pertence ao outro – aqui ‘próximo’ é alguém com quem se tem algum relacionamento; b) “Volte amanhã, e eu lhe darei algo” – trata-se de uma procrastinação, um atraso, que não combina com a sabedoria; “se pode ajudá-lo hoje” – se isto que foi prometido já ‘está com você’, significando uma omissão. Há alguém em sua lista ‘A’ precisando de algo que você pode dar? O que você vai fazer por essa pessoa?

Ore sobre isso:
a) suplique ao Senhor para ser sensível às necessidades de cada pessoa em sua lista ‘A’; b) para entender que Deus deu a você coisas que são para o seu próximo; c) para ter uma atitude generosa e pronta principalmente para com as pessoas em sua lista ‘A’.

Comente:
No #PACI09 em Santos – SP trabalhamos a ‘História do Samaritano’ (Lc 10:,30-35) e aprendemos o conceito ‘Pare por uma pessoa’. Use o link ‘comentários’ para contar aos outros pacificadores uma situação em que você precisou parar por uma pessoa, um momento em que as necessidades de alguém próximo exigiram que você deixasse o que estava fazendo para ajudar.

10 comentários em “#PACI20 devocional 02”

  1. Nesses dias eu estava meditando sobre generosidade, me perguntando o porquê de ser tão negligente e omissa, pq eu não podia ser prestativa como outras pessoas que conheço. Percebi que a generosidade não é da nossa natureza, muitas vezes temos que lutar contra nossa vontade para fazermos o bem. E com o devocional de hoje aprendi que devemos pedir a Deus sensibilidade para ajudar o próximo

  2. Ninguém pode dar o que não tem, isso é sobre integridade. Essa foi uma das verdades em que o PACI trouxe a minha vida.
    Confesso que nesse ano, no estágio, entendi na pele o que isso quer dizer. Está com crianças diariamente, oferendo o que se tem é extremante gratificante. Doar o tempo, os abraços, as risadas, os momentos de brincadeiras, de broncas, e entre outros. Trouxe momentos de grandes aprendizados em minha vida!!!
    E esse versículo é muito top <3

  3. A procrastinação é claramente um dos pecados do século, com o trabalho, escola, faculdade as coisas consideradas secundárias ficam sempre pra depois, precisamos entender que a ajuda ao próximo não é secundária, estar com o próximo fazendo o máximo possível por ele é de suma importância e uma de nossas obrigações, que Deus nos de sabedoria para dar prioridade as coisas certas e fugir de qualquer forma de procrastinação

  4. Uma das coisas que Deus falou comigo nesse devocional foi sobre interesse. Certamente, como servos do Senhor, os nossos olhos precisam estar o tempo todo para as necessidades do outro, porque se de alguma forma estamos buscando uma vida profunda com Deus, temos que buscar aquilo que interessa à Ele. Deus também está interessado na vida do meu irmão, então preciso me alinhar à Ele e estar também.

  5. Teve uma vez que eu estava saindo com amigos e no meio do caminho vi um grupo de pessoas que estavam desesperados por causa de um jovem que estava tendo um ataque epilético, quando vi pedi para meu amigo para e no mesmo momento sai do carro para ajudar esse jovem, meu amigo como estava de carro pegou o garoto e o pai dele e levou para o hospital, graças a Deus ele ficou bem.

  6. Estamos sempre procurando ajuda daqueles que nos cercam e fica cada vez mais claro que o ajudar o próximo é algo que torna o convívio algo mais fluido, auxiliando nas necessidades pessoais de cada indivíduo em qualquer tipo de organização social, algo que agrada muito o Senhor. É perceptível nossa falta de atenção para o agora, nosso desfavor ao presente do próximo para as coisas mais simples que compõe um conjunto de coisas que estão a nosso alcance e que trariam facilidades e tiraria alguém daquele sufoco, é necessário ter compaixão, sabedoria e discernimento do Senhor para entender toda questão e poder ajudar o seu proximo de todo o coração

  7. Há algumas semanas eu voltei de um retiro com o ministério de louvor e, enquanto estávamos guardando as coisas na igreja, reparei que tinha um senhor sentado na porta, comendo uma marmita, então senti que o Espírito Santo me incomodou para falar com esse senhor. Pedi para as irmãs uns alimentos que tinham sobrado do retiro e fui entregar para ele. Comecei a corversar com ele e ele começou a me contar sua vida e a chorar, eu e uns amigos oramos por ele. Ele nos abraçou, disse que ficou feliz que eu parei para conversar com ele.
    Ele só queria alguém para conversar, não precisava nem da comida naquele momento, pq ele tinha acabado de ganhar uma marmita.
    Naquele dia, eu ia embora pq estava cansada, mas ainda bem que o Espírito Santo me fez parar, pois foi um momento lindo que ficou guardado no meu coração. Agora o senhor Ramiro estará em minhas orações 🙏🏻❤️

  8. Houve um momento que tive que passar muito tempo orando com minha amiga pelo pai dela que é ateu. Foi bem difícil no começo, mas percebi que Deus sempre esteve nesse propósito e por mais que ele ainda não esteja na Igreja, sei que o Senhor se fez presente na vida dele! Entender a dor do próximo é justamente o que Camila disse: integridade. Acredito plenamente nesse preceito, que possamos crescer cada dia mais e mais com os devocionais.

  9. Acho que hoje foi o meu “despertar” para esses 40 dias de devocional. Eu fiz os outros e ok. Mas o de hoje, dia 4 me chamou atenção de forma diferente. Eu já li o livro de provérbios e é incrível como sempre que relemos algo novo enxergamos, aprendemos… o que numa leitura anterior passou despercebido, quando volta já chama atenção, já é algo novo que se aprende… Feliz pelo devocional de hoje, acredito que foi um despertar para os próximos e entendo que devo buscar em Deus com maior persistência a sabedoria, para estar atenta ao meu próximo e saber receber com amor as correções. (Apesar de não criar confusão, no meu coração é difícil aceitar a repreensão tão facilmente).

  10. Nós cristãos fomos chamados para fazer o bem, para ajudar e amar as pessoas assim como Cristo fez. Mas a geração atual de jovens e adolescentes está se corrompendo cada vez mais através dos pensamentos individualistas e egocêntricos que nos impedem de olhar para nosso próximo e para sua necessidade, e buscamos só o que é bom para nós. Dessa forma, por não compreender a importância do amor ao próximo é que o verdadeiro evangelho está deixando de ser pregado, a maldade está crescendo, o amor está se esfriando, tudo isso é fruto da humanidade sendo cada vez mais corrompida pelo pecado e cada vez mais sendo forçada a pensar em si mesmo, mas nós cristãos temos que sempre buscar ser diferente do mundo, pois sabemos que “Quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado” Tg 4:17

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *