17. O Reino dos céus é como

A Palavra de Deus: Mateus 13:31-35
31 E contou-lhes outra parábola: “O Reino dos céus é como um grão de mostarda que um homem plantou em seu campo32 Embora seja a menor dentre todas as sementes, quando cresce torna-se a maior das hortaliças e se transforma numa árvore, de modo que as aves do céu vêm fazer os seus ninhos em seus ramos”.
33 E contou-lhes ainda outra parábola: “O Reino dos céus é como o fermento que uma mulher tomou e misturou com uma grande quantidade de farinha, e toda a massa ficou fermentada”.
34 Jesus falou todas estas coisas à multidão por parábolas. Nada lhes dizia sem usar alguma parábola, 35 cumprindo-se, assim, o que fora dito pelo profeta: “Abrirei minha boca em parábolas, proclamarei coisas ocultas desde a criação do mundo”.

2 comentários em “17. O Reino dos céus é como”

  1. É interessante ver o quanto o Reino dos Céus, o evangelho, afeta na vida das pessoas, afeta aqui nessa terra e o quanto ele pode fazer, quão grandes são as mudanças que ele causa. Vemos o poder do evangelho, que ele tem capacidade para fazer grandes coisas, por isso a importância de pregá-lo para as pessoas.

  2. O reino do céus assim como um grão de mostarda, que mesmo sendo a menor semente conhecida antigamente pelos agricultores e jardineiros da Palestina, ainda sim chega vá a 3 metros de altura, e do mesmo jeito que a semente cresce o reino também se expande chegando a ter um domínio mundial.

    O fermento também pode ser comparado com o reino dos céus porque assim como o fermento se alastra em uma massa o reino dos céus se espalha em uma pessoa.

    Algo muito interessante é que não deveria haver nenhuma duvida de que Jesus é o Messias porque tudo que foi profetizado sobre o Filho de Deus aconteceu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *